Curiosidades Sobre os Órgãos Sexuais

13 dez

2. O Maior Pênis por Raça
Louis Jacolliet, um escritor francês do século XIX que passou três décadas a estudar o tamanho dos pênis, disse: “Não há nenhuma raça humana cujos órgãos sexuais masculinos sejam tão desenvolvidos como os dos Negros Africanos.”

Certamente que é a crença de que os Africanos têm pênis maiores é bem conhecida, mas será que os fatos a confirmam?

O mais exaustivo estudo sobre o tamanho dos pênis revela que o tamanho médio de um pênis de um Branco é de 15,7cm de comprimento e 9,3cm de perímetro, enquanto que o pênis médio de um Negro é de 16 cm de comprimento e 9,6cm de perímetro. As diferenças, como se pode verificar são muito poucas.

Se os pênis forem medidos sem ereção, então as medidas são: para os Negros 10,9cm de comprimento, e para os Brancos 10,16cm.

Estes dados, no entanto, não são conclusivos, visto que para este estudo, apareceram apenas 59 Negros, contra 2500 Brancos.

3. O Menor Pênis
Há vários casos na literatura médica de pênis que não ultrapassam 1cm de comprimento quando eretos. Os médicos chamam-lhes “micropênis”. Há cirurgias reconstrutivas que conseguem estender o pênis até 7 cm de comprimento. Não é muito, mas é melhor que nada.

4. Maior Extensão
Um cirurgião plástico dinamarquês, o Dr. Jorn Ege Siana, já fez mais de 100 operações de extensão de pênis. Ele diz que atingiu um recorde mundial ao estender um pênis em mais 14,5cm. O paciente foi um indivíduo de 42 anos que tinha um pênis com apenas 4,5cm. Após a operação, o médico convocou uma conferência de imprensa, e apresentou as fotos do “antes” e “depois”. O Dr. Siana disse também que este foi um caso único, já que as extensões médias variam entre 5 e 7 centímetros.

5. Os Maiores Testículos
O testículo normal deve medir cerca de 4cm para os lados e 2cm para a frente. As vítimas de Elefantíase do Escroto, uma doença causada pela obstrução dos vasos dos testículos, podem inchar os testículos até ao tamanho de uma melancia. O maior testículo registrado pertencia a um Africano, pesava 70Kg e media mais de meio metro de diâmetro. Felizmente, há um medicamento chamado diethylcarbamazina que consegue reduzir os testículos ao seu tamanho normal.

6. O Maior Número de Testículos
A presença de mais do que 2 testículos é chamada de poliorquidismo. É raro, mas existem cerca de 75 casos registrados até hoje de indivíduos com 3 testículos. No entanto, também há casos de mutantes que nascem com 4 ou até 5 testículos, mas são extremamente raros.

7. Os Maiores Seios
O livro “The Sexual Anatomy of Women” escrito por W. F. Benedict conta os casos de uma rapariga de 14 anos, cujos seios pesavam 7 kg e de uma mulher de 30 anos cujos seios pesavam 9,5Kg cada um. Num outro livro, “Human Oddities”, há uma foto de uma mulher cujos seios pesavam 20Kg e mediam 84cm de diâmetro.

Em 1995 na China, uma rapariga de 12 anos desenvolveu uns seios com 48cm de largura e 30cm de altura, pesando 10Kg.

8. Maior Número de Seios
Ter seios a mais é uma doença chamada polymastia. Em 1886, uma mulher francesa apresentou 10 mamilos individuais. Mais tarde, uma mulher polaca de 23 anos apresentava 8 seios. Também há casos de homens com mamilos a mais. Em 1894, foi registrado o caso de um indivíduo com 8 mamilos.

9. A Maior Vagina
A escocesa Anna Swan (1846-1888) que media 2,37 metros de altura aos 19 anos, casou-se com o Capitão Martin Bates, que media 2,20 metros. Tornaram-se o mais alto casal da história. Em 18 de Junho de 1879, Anna deu à luz o maior bebê da história, pesando 11,7Kg e medindo 86 cm de comprimento. Devido ao seu tamanho, a criança não sobreviveu ao nascimento, mas para ele sair, a vagina de Anna dilatou 15 cm (a dilatação de um parto normal é de 10 cm).

10. O Maior Número de Vaginas
Em casos extremamente raros, há mulheres que nascem com 2 vaginas. Estranhamente, a segunda vagina só é notada a partir da maturidade sexual. A dupla vagina pode aparecer sob várias posições: dois traços vaginais, mas apenas uma abertura; dois orifícios que se fundem num único traço; ou duas vaginas completamente separadas com dois úteros e quatro ovários. A cirurgia corretiva consegue tratar todos os casos logo à nascença e a recuperação é excelente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: